Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Combustíveis da Bahia
/ domingo, julho 21, 2019
Notícias

OIT pede a revisão da nova legislação trabalhista

76views

Após quase dois anos completos, os impactos da reforma trabalhista ainda são nebulosos. A OIT (Organização Internacional do Trabalho) pediu ao governo brasileiro que faça um exame minucioso sobre os efeitos da nova lei e as eventuais mudanças. A entidade também pediu que o governo retome o diálogo com atores sociais e sindicatos sobre a reforma.

O pedido veio após analises sobre suspeitas de que o Brasil teria violado direitos dos trabalhadores ao aprovar o texto. O país está na lista suja de 24 países examinados por suspeitas de desrespeitar as convenções internacionais do trabalho. No centro do debate, está a Convenção de 98 (direito de sindicalização) e violação sobre negociações e acordos coletivos.

Além de cortar direitos e dificultar a vida dos trabalhadores, a reforma corroeu o salário e jogou mais de 37 milhões na informalidade. De acordo o IBGE, a perda real chegou a 16%.

A agenda neoliberal do governo atua em função dos empresários. Enquanto isso, os trabalhadores sofrem com a falta de emprego e um salário que quase não dá pra sobrevier. Triste realidade.

www.bancariosbahia.org.br

Deixe uma resposta