Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Combustíveis da Bahia
/ quinta-feira, outubro 17, 2019
Destaques

Em memória dos trabalhadores vítimas da exposição ao benzeno

52views

O Dia Nacional de Luta Contra a Exposição ao Benzeno foi instituído em memória dos trabalhadores que morreram vítimas da exposição ao produto.

No dia 05 de outubro de 2004,o técnico de operações Roberto Viegas Kappra, da Refinaria Presidente Bernardes, em Cubatão, ,faleceu em vítima de leucemia mielóide aguda, doença ligada à exposição ao benzeno. Kappra trabalhou 11 anos na refinaria e morreu aos 36 anos, 22 dias após serem detectados os primeiros sintomas da doença. Na época, a Petrobrás se recusou a reconhecer o nexo causal e a CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) só foi emitida anos depois. Por isso, a Bancada dos Trabalhadores criou a data em sua homenagem. Mas, Kappra não foi a única vítima.

Enivaldo Santos Souza faleceu, no dia 18 de outubro de 2012, também vítima de leucemia mielóide aguda. Trabalhou na Petrobrás por 20 anos. Infelizmente, mais uma vida ceifada com a conivência da Petrobrás, que mesmo depois de ser denunciada pelo GTB, CIPA, SINDIPETRO, CNPBz e notificada, autuada, multada e interditada pelo MTE e CESAT, continua a desprezar a vida dos trabalhadores.

Os trabalhadores em postos de combustíveis estão expostos ao benzeno, no entanto, é a única categoria da cadeia do petróleo que não possui plano de saúde, para que recebam assistência médica, sejam realizados exames periódicos, tratamento adequado para prevenir doenças ocupacionais.

O Sinposba faz parte da Comissão Nacional Permanente do Benzeno (CNPBz), Antonio do Lago e Lázaro Souza, representam a entidade, a CTB e a Fenepospetro. A Comissão funcionava há 20 anos e  recentemente foi extinta pelo governo Bolsonaro, através da portaria 972, de 21 de agosto de 2019. Em uma única canetada, dezenas de comissões tripartites, muitas delas utilizadas para melhorar as condições de saúde e segurança dos trabalhadores. Entre essas comissões está a do Benzeno, de extrema importância para o nosso setor.

A CNPBz foi a protagonista do acordo do benzeno e obteve sensíveis melhorias nos ambientes de trabalho. “A Comissão foi extinta, mas nossa luta continua, vamos manter as atividades do dia 5 de outubro, dia nacional de luta contra a exposição ao benzeno, denunciar o descaso desse governo com a saúde dos trabalhadores, manter o site da CNPBz no ar e nos articularmos de forma independente para dar continuidade a esse trabalho, mesmo em um cenário mais difícil”, destacou o diretor do Sindipetro Unificado, Auzélio Alves, membro da bancada dos trabalhadores na CNPBz.

Acompanhe o site www.cnpbz.com.br para saber as notícias sobre a luta pela saúde, contra a exposição a produtos cancerígenos.

Você sabe o que é BENZENO?

O que é o BENZENO?
O benzeno é uma substância química líquida, volátil, incolor,
inflamável e explosiva.
• É um produto muito tóxico para a saúde humana, principalmente
para o sangue, e pode causar câncer.
• Ele é uma das substâncias presentes na gasolina.

O que o BENZENO faz a Saúde
O benzeno em altas concentrações é uma substância bastante
irritante para as mucosas (olhos, nariz, boca, etc.), quando
respirado pode provocar inflamação pulmonar, e sangramento
nas áreas de contato.
• Também provoca efeitos tóxicos para o sistema nervoso central
causando: sonolência, excitação, tontura, dor de cabeça, enjoo,
náusea, taquicardia, dificuldade respiratória, tremores, convulsão,
perda da consciência e morte
• Quanto aos efeitos da exposição em longo prazo (crônicos) ao
benzeno, podem ocorrer alterações na medula óssea, no sangue,
nos cromossomos, no sistema imunológico e pode causar vários
tipos de câncer.

Como nos expomos ao BENZENO?
O benzeno pode entrar no nosso corpo principalmente através
da respiração e da pele, e em alguns casos pela ingestão.
• Somos expostos ao benzeno principalmente durante o trabalho
(exposição ocupacional)
• Os momentos mais perigosos são: abastecimento, descarga do
caminhão tanque, testes de qualidade no combustível e medição
dos tanques.
• Não há limite seguro para a exposição ao benzeno. Não há dose
mínima para que haja a ação cancerígena, não possuindo, portanto,
limite seguro de exposição, mesmo em baixas concentrações.

O que é o BENZENISMO?
Benzenismo é um conjunto de sinais e sintomas decorrentes
da exposição ao benzeno.
• As complicações podem ser agudas, quando ocorre exposição a
altas concentrações com presença de sinais e efeitos neurológicos,
respiratórios ou crônicas, podendo ocorrer complicações a médio
ou a longo prazos, localizadas principalmente no sistema
hematopoiético (formador de sangue).
• O diagnóstico é baseado na história de exposição ocupacional e na
observação de sintomas e sinais clínicos e análises laboratoriais

O que devo fazer para evitar ficar doente?
• É muito importante fazer exames de sangue e urina periódicos
para saber se o benzeno está afetando sua saúde
• Caso sinta algo fora do normal na sua saúde, procure um médico
do trabalho no CEREST, Sindicato e conte sobre o que você faz.
• Sempre tome cuidado ao manipular os combustíveis

Como se cuidar?
• Não abasteça além do automático.
• Evite molhar sua roupa de trabalho com combustível. Lave sua
roupa separada do resto das roupas de sua família
• Tome cuidado ao fazer o abastecimento, descarga do caminhão
tanque, testes de qualidade no combustível, e medição manual
dos tanques.
• Nunca utilize paninhos para secar combustível e depois deixar
nos bolsos ou ombros para uso pessoal.
• Não utilize gasolina para se limpar de alguma graxa
• Nunca fume ou acenda qualquer tipo de fogo perto dos
combustíveis.
• A única forma de prevenção é não se expor!

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta