Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Combustíveis da Bahia
/ domingo, novembro 17, 2019
Destaques

Diretores do Sinposba conscientizam colegas sobre o Novembro Azul

117views

Diretores do Sinposba, Antonio José Santos, Márcio Sousa, Daniel Conceição e Edmilson Santos, estão realizando trabalho de base nos postos de combustíveis de Salvador e Região Metropolitana, conscientizando os colegas sobre a importância do exame para a prevenção do câncer de próstata e de pênis. A ação faz parte da Campanha Mundial “NOVEMBRO AZUL”.

Todos os anos o Sinposba se une a milhares de entidades para alertar os homens da importância da Campanha e de procurarem um médico para fazer o exame preventivo, que salva vidas.

O que é o Novembro Azul
Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e aos homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas. Grande parte da população masculina ainda não se conscientizou da importância da detecção precoce do câncer de próstata.

O movimento surgiu na Austrália em 2003, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado a 17 de novembro. Em vários países, o Novembro Azul é mais do que uma simples campanha de conscientização; há reuniões entre os homens onde são
debatidos, além do câncer de próstata, outras doenças como o câncer de testículos, depressão masculina, cultivo da saúde do homem, entre outros.

Sinposba apóia
Assim como apoiou o Outubro Rosa, que alerta as mulheres para a conscientização e prevenção do Câncer de Mama, o Sinposba apóia a Campanha Novembro Azul, que alerta os homens sobre o câncer de próstata, e, principalmente, para motivar os trabalhadores em postos de combustíveis, a fazerem exames preventivos.

Para o Sinposba é de fundamental importância conscientizar a população masculina, maioria em nossa categoria, a cuidar de sua saúde geral, prevenindo, não só o câncer de próstata e de pênis, mas quaisquer doenças, pois se diagnosticadas precocemente muitas vidas são salvas.

O câncer de próstata é o segundo que mais mata os homens no Brasil, perdendo apenas para o câncer de pele não melanoma. Estatísticas apontam que a cada seis homens um é portador da doença, e de acordo com o Instituto Nacional do Câncer, devem ser registrados 68.800 novos casos no País neste ano. Por isso é necessário que os homens façam exames de rotina frequentemente e o exame de toque retal não se deixando levar pelo preconceito, pois o preconceito mata.

Câncer de Próstata O que é?
O câncer de próstata é a neoplasia maligna mais comum entre os homens. A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. É ela que produz 70% do esperma.

O Câncer ocorre quando células deste órgão começam a se multiplicar de forma desordenada. A próstata fica, então, mais endurecida e a doença é facilmente descoberta no exame de toque retal. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de próstata é o sexto tipo mais comum de câncer no mundo.

A próstata é uma glândula com cerca de 20cm3. Ela produz um líquido que nutre os espermatozóides produzidos nos testículos. O resultado final é o sêmen

Sintomas
O câncer de próstata é uma doença silenciosa, geralmente, em fase inicial não apresenta sintomas. Alguns pacientes podem, inclusive, nunca ter sintomas, mas um dos primeiros é a dificuldade de urinar e a frequência aumentada. Quando o tumor cresce, os sintomas mais comuns estão relacionados ao ato de urinar, como urgência, dificuldade e levantar várias vezes à noite para ir ao banheiro. Por isso é fundamental que o homem faça exames de rotina.

Tratamento
Se forem descobertos no início, 90% dos casos são curáveis, e o homem tem a oportunidade de fazer um diagnóstico precoce e escapar das sequelas dos tratamentos; principalmente a impotência e a incontinência urinária.

De acordo com a fase do tumor e as características do paciente, o médico poderá definir quais as melhores formas de tratamento. Nos estágios iniciais da doença a cirurgia de retirada radical da próstata é indicação ouro e apresenta altos índices de cura.

 

 

 

Deixe uma resposta